4 tarefas do instrumentador cirúrgico em odontologia na sala de cirurgia

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Ceaico 4 tarefas do instrumentador cirúrgico em odontologia na sala de cirurgia

Instrumentador cirúrgico em odontologia: o nome deste profissional já é bem sugestivo. É ele o responsável por instrumentar o cirurgião dentista durante os procedimentos. Por isso que durante o seu curso de formação ele aprende tudo sobre cada uma das intervenções possíveis de serem realizadas, o tempo cirúrgico e todos os materiais utilizados para ser realizado o procedimento cirúrgico.

São dezenas de procedimentos possíveis, desde os mais simples como extrações dentárias até os mais complicados e que oferecem mais riscos, como as cirurgias buço maxilares. Dezenas de procedimentos que requerem o uso de centenas de materiais.

Preparo da mesa cirúrgica

Esta é a tarefa mais óbvia do instrumentador cirúrgico em odontologia. Mas não a mais simples. Como citamos acima, são dezenas de procedimentos que podem ser realizados pelo cirurgião dentista e centenas de instrumentos utilizados.

Com as novas tecnologias, o número destes materiais não para de crescer. Novos instrumentos surgem a cada dia para facilitar o trabalho dos cirurgiões. Os instrumentadores devem estar antenados com as novidades para melhor atender ao profissional responsável pela intervenção.

Deixar a mesa cirúrgica pronta para iniciar os trabalhos do chefe da equipe é uma das tarefas do instrumentador cirúrgico em odontologia. Ele deve ficar atento para qual tipo de procedimento será realizado, suas etapas, seu tempo e o tanto de materiais utilizados, geralmente aqueles que contam com a finalidade de higiene, como algodão e gaze, por exemplo.

Para o preparo da mesa cirúrgica não basta o instrumentador colocar toda a paramentação necessária acima dela. O profissional deve dispor da melhor maneira possível, de acordo com as etapas da cirurgia. Geralmente a mesa é dividida em quadrantes. Um para cada etapa: Diérese, Hemostasia, Exérese e Síntese.

Verificar o uniforme da equipe

A verificação de todo o material que será utilizado pela equipe durante a cirurgia também é de responsabilidade do instrumentador cirúrgico em odontologia. Antes da entrada na Sala de Operações é necessário que todos os membros realizem a chamada degermação das mãos, punhos e antebraços.

Os aventais e as luvas devem ser vestidos já na sala cirúrgica. Estes materiais deverão ser conferidos anteriormente pelo profissional da instrumentação, pois devem estar dentro de um pacote que garanta que estejam todos esterilizados. A limpeza e a biossegurança do campo operatório são atribuições do instrumentador.

Averiguar se o paciente realizou procedimentos pré-operatórios

Tão logo o paciente chegue ao local que será realizada a intervenção, o instrumentador cirúrgico em odontologia deve verificar o seu prontuário. Exames pré-operatórios, autorização da cirurgia, indicações do cirurgião dentista, bem como a identificação e o histórico do paciente. Tudo isso deve ser questionado e verificado antes do início do procedimento.

Instrumentador cirúrgico em odontologia deve deixar o campo cirúrgico da maneira em que encontrou

Após a realização da cirurgia, o instrumentador cirúrgico em odontologia tem a responsabilidade de deixar o campo cirúrgico da mesma maneira que encontrou. Todos os equipamentos e instrumentos utilizados devem passar por um processo de esterilização e armazenados da maneira mais indicada. Materiais de risco já devem estar separados e destinados.

Como vimos, as tarefas do instrumentador cirúrgico em odontologia inicia antes e finaliza depois do procedimento cirúrgico. A função deste profissional não se resume à mesa cirúrgica. Ela vai além da paramentação. Suas atividades envolvem a segurança do paciente, do campo cirúrgico e da equipe responsável pela intervenção.

E então, compreendeu um pouquinho mais sobre as tarefas do instrumentador cirúrgico em odontologia? Se ainda há dúvidas, ou se você quer se aprofundar nesta profissão acesse nosso blog. Temos muitas informações interessantes por lá!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×