4 habilidades que todo instrumentador cirúrgico odontológico deve ter

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

habilidades

habilidades

Todas as profissões existentes por aí exigem habilidades das pessoas que as ocupam. Seja facilidade de comunicação, ou conhecimento aprofundado em química, há profissionais que atuam nas mais diversas áreas, e a sua escolha depende e muito das habilidades e propensões que o candidato possui.

Uma pessoa que nunca gostou de números, por exemplo, não vai querer seguir a área de economia, ou quem é introspectivo vai querer fugir da área de vendas. Mas assim como há habilidades que são inerentes das pessoas, há outras que podem ser conquistadas por meio das qualificações e capacitações. Basta ter a propensão e seguir em frente.

. E se você não conta com alguma delas e quer seguir na área da instrumentação em saúde bucal, não desanime. Lembre-se de que podemos desenvolver certas habilidades, se nos esforçarmos.

Habilidades em Organização

Para não se perder em meio a uma infinidade de equipamentos e materiais, o instrumentador cirúrgico em odontologia deve prezar pela organização. São diversos os procedimentos passíveis de intervenção na saúde bucal, e cada um deles conta com seu instrumental específico.

O instrumentador cirúrgico em odontologia pode ter seu próprio critério organizacional, mas na hora do procedimento ele deve seguir a organização do cirurgião dentista. Geralmente, a montagem da mesa obedece os tempos cirúrgicos. Dividida em quadrantes, os instrumentos são separados para cada fase da cirurgia: diérese, hemostasia, exérese e síntese.

Segurança em seu trabalho de instrumentador cirúrgico odontológico

O trabalho que o instrumentador cirúrgico em odontologia exerce durante as intervenções é de suma importância, por isso exige muito autocontrole e segurança do profissional. Este deve ter em mente que o sucesso do procedimento depende e muito de sua atuação. Erros não são permitidos.

Além disso, deve-se lembrar de que a atuação de profissionais da saúde pode contar com intercorrências.  O instrumentador cirúrgico em odontologia, assim como os demais profissionais, podem se deparar com situações de urgência e emergência, e terão que auxiliar no processo de realização dos primeiros socorros. Nestes casos, o autocontrole é mais que fundamental.

Trabalho em equipe

O instrumentador cirúrgico em odontologia irá atuar com uma equipe nas clínicas e consultórios e nos centros cirúrgicos. Ações individualistas não combinam com esse profissional, que tem que trabalhar em consonância com o cirurgião dentista.

Durante os procedimentos, o instrumentador cirúrgico em odontologia atua quase que como extensão do cirurgião dentista. Uma boa relação destes profissionais é imprescindível para o sucesso das intervenções. Um trabalho em conjunto irá beneficiar ainda o paciente, já que o procedimento tende a ser mais eficiente e rápido.

Conhecimento técnico do intrumental

Já falamos aqui em nosso blog sobre os inúmeros equipamentos e instrumentos utilizados na Odontologia. E o instrumentador cirúrgico em odontologia deve ter conhecimento de todos eles. Para que servem, seus nomes, em que tempo cirúrgico ele será necessário.

Atém disso, conhecimentos técnicos sobre os cuidados com esse instrumental também devem fazer parte das habilidades do instrumentador cirúrgico em odontologia. Os instrumentos devem ser higienizados e esterilizados após as cirurgias, e esta é outra função do instrumentador.

Elencamos algumas das habilidades que o instrumentador cirúrgico em odontologia deve ter para exercer com excelência sua profissão. Para saber mais sobre este profissional e o seu mercado de trabalho acesse o nosso blog.

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×