Curso de instrumentador cirúrgico: o que você ganha fazendo um?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

curso de instrumentador cirúrgico

curso de instrumentador cirúrgico

A instrumentação cirúrgica é uma profissão bem antiga. Em procedimentos médicos, os relatos vêm de 1.800 com o famoso cirurgião norte-americano Willian Stewart Halsted e sua instrumentadora Caroline Hampton. Eles também foram pioneiros na utilização das luvas cirúrgicas nos procedimentos.

Mas a primeira utilização das luvas foi devido a instrumentadora Caroline  ter apresentado uma dermatite de contato ao mexer diretamente com os instrumentos e os produtos utilizados neles, como o fenol. Mas a constatação de que a utilização de luvas evitava outros tipos de doenças veio depois.

A percepção de que este profissional vem atuando a centenas de anos comprova a sua importância no mercado de trabalho.

Início das capacitações na história

Apesar dos relatos da atuação de instrumentadores cirúrgicos em 1.800, foi só em 1.954 que surgiram as primeiras escolas técnicas em instrumental cirúrgico na França, e com elas o curso de instrumentador cirúrgico. Isso porque os profissionais perceberam a importância dos instrumentadores terem um maior conhecimento dos tempos cirúrgicos.

Conhecendo a evolução cirúrgica, os instrumentadores conseguem atender melhor aos cirurgiões, e assim facilitar o andamento dos procedimentos.

Curso de instrumentador cirúrgico para profissionais da enfermagem

Na área médica são os enfermeiros as pessoas que mais realizam o curso de instrumentador cirúrgico e exercem essa atividade no mercado de trabalho. Com a capacitação, estes profissionais podem aumentar os conhecimentos na área. Como a importância das atividades do profissional da instrumentação quanto a segurança das cirurgias.

Além disso, o curso de instrumentador cirúrgico para enfermeiros permitirá a estes a realização de concursos públicos na área, e a conquista de cargos com estabilidade.

Curso de instrumentador cirúrgico na Odontologia

Mas não é somente na área médica que o profissional da instrumentação se faz necessário. A odontologia vem requisitando cada vez mais este profissional. Neste caso, não é somente o enfermeiro o profissional que pode realizar e se beneficiar com o curso de instrumentador cirúrgico, curso esse totalmente diferente dos da área médica.

Instrumentais, cirurgias e tempos cirúrgicos diferentes demandam capacitações diferentes. Na odontologia, o curso de instrumentador cirúrgico pode ser feito pelo Auxiliar ou pelo Técnico de Saúde Bucal (ASB e TSB respectivamente), bem como auxiliares e técnicos da enfermagem.

Os profissionais da enfermagem podem aproveitar conhecimentos médicos e de ambiente hospitalar para otimizar os conhecimentos no curso de instrumentador cirúrgico. O mesmo vale para o ASB e para o TSB. Só que estes aproveitarão os conhecimentos prévios da Odontologia e das atividades em conjunto com o cirurgião dentista.

Ganhos: conhecimento, oportunidade e financeiro

Mas não importa qual desses profissionais buscou o curso de instrumentador cirúrgico, todos eles se beneficiarão com a nova capacitação. Novos conhecimentos na área serão adquiridos. Com os conhecimentos, os profissionais contarão com novas oportunidades no mercado de trabalho. E as novas oportunidades serão revertidas em novos ganhos financeiros.

Resumidamente, é isso que o profissional da medicina ou da odontologia ganha ao fazer um curso de instrumentador cirúrgico. Lembrando que as áreas que envolvem a saúde devem contar com atualização frequente, já que eles estão em constante mutação. Saiba tudo sobre esta capacitação em nosso blog.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×