5 cuidados que o instrumentador cirúrgico em odontologia deve ter na sala de cirurgia

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

instrumentador cirúrgico em odontologia

instrumentador cirúrgico em odontologia

O instrumentador cirúrgico em odontologia está presente em todas as etapas do processo cirúrgico. Ele pode atuar somente nas clínicas e consultórios odontológicos, que, cada vez mais realizam procedimentos em prol da saúde bucal dos pacientes. Como também em intervenções que requerem ambientes hospitalares.

Mas em qualquer que seja o local, a cirurgia requer uma diversidade de cuidados tanto do paciente quanto de toda a equipe odontológica, que devem se preparar previamente para o sucesso dos procedimentos.

Este artigo vamos dedicar aos cuidados que o instrumentador cirúrgico em odontologia deve ter na sala de cirurgia. Acompanhe:

Manter o ambiente higienizado

O instrumentador cirúrgico em odontologia será o primeiro profissional a entrar na sala de cirurgia. É ele que deve garantir que os demais profissionais adentrem ao local com a paramentação adequada e com as mãos higienizadas. Enfim, o instrumentador deve cuidar para que os demais sigam os procedimentos de biossegurança previstos para que o local não seja contaminado.

Para manter o ambiente limpo e os materiais que entrarão em contato com os pacientes estéreis, a última etapa da paramentação é realizada dentro da sala de cirurgia, com a colocação do avental e das luvas estéreis.

E para que os demais integrantes da equipe possam se adequar, eles contam com a ajuda do instrumentador cirúrgico em odontologia, que entrou previamente na sala, e deve estar preparado para finalizar a paramentação cirúrgica.

Mesa cirúrgica e auxiliar organizada

Tanto a mesa cirúrgica quanto a auxiliar – quando houver necessidade – devem estar organizadas na sala de cirurgia para o início do procedimento. Para isso, o instrumentador cirúrgico em odontologia deve saber qual a intervenção será realizada, seu tempo cirúrgico, bem como materiais e equipamentos que serão utilizados pelo cirurgião dentista.

Instrumentador cirúrgico em odontologia e o cirurgião dentista

Atenção total durante a intervenção. O instrumentador cirúrgico em odontologia deve focar nas necessidades do cirurgião dentista quando este estiver realizando o procedimento junto ao paciente.

Este é um dos motivos essenciais do conhecimento do instrumentador sobre os tempos e instrumentos cirúrgicos. Quanto mais este profissional conhecer sobre os procedimentos, melhor ele atenderá o cirurgião dentista. Desta maneira, como já ressaltamos em nosso blog, haverá a otimização do tempo cirúrgico. E, consequentemente, a melhor recuperação do paciente.

Descarte adequado dos materiais

Finalizada a cirurgia, a sala deve ser limpa e higienizada. Os materiais de uso único devem ser descartados corretamente pelo instrumentador cirúrgico em odontologia. Todo o cuidado é necessário para realizar o descarte adequado. E não se expor a riscos com os materiais contaminados utilizados durante os procedimentos.

Limpeza e esterilização dos equipamentos

Os equipamentos e instrumentos que podem ser reutilizados devem passar por um processo de higienização e esterilização. Para isso, o instrumentador cirúrgico em odontologia deve se atentar a classificação de cada um dos materiais. Já que depende dela, os procedimentos a serem realizados.

O instrumentador cirúrgico em odontologia é o primeiro a entrar e o último a sair da sala de cirurgia. Ele deve a deixar da maneira que encontrou: organizada e higienizada. Separamos alguns cuidados que este profissional deve ter na sala de cirurgia. Como se pode observar não há como classificar a importância das atividades do instrumentador. Todas são essenciais para o sucesso da intervenção. Saiba mais em nosso blog.

higienização das mãos no processo odontológico

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×