Quais as 3 áreas da saúde que ganham o melhor salário?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

áreas da saúde

áreas da saúde

Não é de hoje que a área da saúde é muito requisitada no mercado de trabalho. A vocação ou a procura por salários de qualidade podem atrair muitos candidatos por aí. Diferente de outras profissões que podem ter salários ou a procura diminuída por conta da economia de um país, a saúde sempre está em alta.

Isso porque não existe sazonalidade ou crise que seja maior que os cuidados que devemos ter com a saúde. E quem não tem? Pior, já que a prevenção na maioria das vezes custa bem menos do que os tratamentos com a saúde.

Mas quais áreas da saúde que ganham bem?

Medicina em primeiro lugar entre as áreas da saúde que ganham bem

A concorrência enorme para os cursos de graduação de Medicina no país tem sim uma explicação plausível. São estes os profissionais da saúde que contam com os salários mais altos do mercado. Um profissional que acabou de sair da faculdade ganha em média R$ 8,5 mil. É claro que quanto mais se estuda e mais tem experiência este salário tende a aumentar.

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) apontou para 2017 o piso salarial de R$ 13.847,93 para 20 horas semanais de trabalho para a classe. O piso é reajustado anualmente.

É bom destacar que os médicos, seja de qualquer especialidade, podem atuar no sistema público de saúde e também em consultórios particulares, ou realizar plantões em hospitais particulares e também em seus consultórios. Mais um motivo para o incremento salarial.

Algumas especialidades da medicina ganham destaque quando o assunto é salário. Entre os médicos, os cirurgiões plásticos costumam ter ganhos mensais maiores, com médias que ultrapassam R$ 18 mil entre as áreas da saúde pesquisadas. Outra atividade que está em alta é a biomedicina.

Saúde Bucal em alta

Mesmo o Brasil contando com alto número de dentistas, as Faculdades de Odontologia continuam formando milhares de profissionais ano a ano,  e está entre as áreas da saúde mais requisitadas. Especialistas ressaltam que no início a carreira de dentista pode apresentar dificuldades para os que escolhem atuar como autônomos.

Mas pesquisa encomendada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) apontou que a maioria dos cirurgiões-dentistas autônomos – 50,3% dos entrevistados – contam com renda familiar mensal que variam de R$ 4 a R$ 13 mil reais. Os valores demostram como os salários podem variar conforme os estados.

Na rede pública de saúde, estes profissionais lutam por um piso de R$ 12.993,00 para jornada de 20 horas semanais com a implementação do Piso Nacional dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde.

O mesmo anteprojeto de lei prevê ainda que seja pago, R$ 6.496,50 para profissionais com nível técnico, R$ 3.248,25 para nível médio, e R$ 1.624,12 para nível elementar. Todos estes para jornada de 30 horas mensais. Com ele se beneficiariam ainda outros profissionais da Odontologia que atuam no SUS, como os Técnicos e Auxiliares de Saúde Bucal.

Enfermagem tem alta taxa de empregabilidade

Com média salarial de R$ 4 mil os profissionais da enfermagem, apresentam alta taxa de empregabilidade no Brasil. O site Exame.com chegou a apontar em 2013 a enfermagem como uma das profissões mais cobiçadas dos últimos anos. Ganhando até mesmo da medicina.

No mercado de trabalho o enfermeiro pode atuar em hospitais, clínicas particulares, SUS, e ainda em serviços de homecare.

Importante ressaltar que a atualização profissional é essencial tanto na saúde como em qualquer outra área. Nenhum profissional inicia uma carreira com ótimos salários. Ele vai construindo seu futuro, com esforço e dedicação no seu dia adia.

Portanto se você está iniciando e quer se aventurar na área de saúde pode começar com cursos de formação profissional. Depois basta alçar novos voos. Para saber mais sobre esta área acesse o nosso blog.

ceiaico_imagem_blog

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×